Direitos do Consumidor

Furto de bagagem: saiba como acontece e quais os seus direitos!

Proteção de bagagem

O furto de bagagem é a preocupação de muitos viajantes. Afinal, já imaginou chegar ao seu destino e descobrir que aquela blusa ou perfume que você separou com tanto cuidado não estão mais lá? Uma situação bem chata, não é mesmo?

O problema não é uma exclusividade dos aeroportos e companhias brasileiras, e, embora as empresas adotem inúmeras medidas de segurança, isso pode ocorrer em qualquer localidade.

Ninguém espera ser vítima de uma situação como essa, mas é importante ficar por dentro do assunto para saber como proceder. Dessa forma, você garante os seus direitos e evita outras complicações. No post a seguir, separei algumas dicas que podem ajudar. Continue a leitura e saiba mais!

Como acontece o furto de bagagem

Extravios e violações de malas podem ocorrer em diversos aeroportos e com companhias nacionais e internacionais. No monitoramento das reclamações de passageiros de avião, feito frequentemente pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), o transporte de bagagens foi um dos cinco itens mais reclamados em 2018, o que inclui extravios e avarias.

Ao colocar a sua bagagem na esteira do check-in, ela passará por um longo caminho até que você a veja novamente. O objetivo é que você a encontre como deixou, entretanto, mesmo que o item esteja com cadeado, ele pode ser violado por funcionários do aeroporto, prestadores de serviços ou grupos especializados em furto de malas, por exemplo.

Os aeroportos e companhias aéreas atuam para evitar essas situações. Além de ter um processo cada vez mais automatizado, há procedimentos de segurança, monitoramento por câmeras e treinamentos para a equipe. Contudo, os riscos ainda existem, e não é difícil conhecermos pessoas que passaram por transtornos desse tipo com a bagagem durante a viagem.

Compensação Liberfly
Clique aqui para preencher nosso formulário para ser indenizado!

Além de violação no item despachado, outro problema são os furtos de bagagem no saguão do aeroporto. Pessoas mal-intencionadas se aproveitam da distração dos passageiros para furtar bolsas, malas pequenas e mochilas.

Sendo assim, é fundamental dar atenção aos seus pertences, pois, além da questão financeira, você corre o risco de ficar sem os seus documentos, passaportes etc., o que causará uma enorme dor de cabeça antes do embarque. A atenção deve ser redobrada em épocas de férias e feriados, já que a movimentação intensa pode facilitar a atuação dos criminosos.

O que você deve fazer nessas situações

Em casos de furtos ou roubo no saguão do aeroporto, é preciso comunicar a situação à equipe de segurança e registrar um boletim junto à polícia.

Quando o problema acontecer com a mala despachada, ele deve ser tratado com a companhia aérea — informe o fato por escrito e, se possível, registre a ocorrência com uma autoridade policial.

De acordo com a ANAC, o prazo para reclamação de bagagem danificada e objetos furtados é de 7 dias. Entretanto, esse prazo pode variar em viagens internacionais, de acordo com as regras do país de desembarque.

Quais são as responsabilidades da companhia aérea nesse caso

A companhia aérea é responsável pela bagagem desde o momento do despacho até a chegada dela na esteira. Dessa forma, ela deve garantir a integridade de todos os seus pertences, evitando extravios, furtos e danos.

Se você sentir falta de algum item, tais como perfume, relógio, blusas, tênis, equipamentos eletrônicos, entre outros objetos, comunique o fato à empresa. Vale lembrar que é indicado fazer o procedimento por escrito.

De acordo com a ANAC, o ressarcimento deve ser feito em até 7 dias após o aviso do passageiro. Contudo, as companhias costumam não seguir essa recomendação, e o processo pode ser mais demorado; por isso, algumas pessoas optam por entrar com uma ação judicial para receber a indenização pelos danos.

Dicas para evitar o furto de bagagem

É importante saber como proceder em uma situação como essa. Além disso, você pode adotar algumas medidas para evitar o problema ou minimizar prejuízos financeiros caso a sua mala seja violada. Veja as dicas!

Não coloque objetos de valor na bagagem despachada

Ladrões de bagagem buscam itens de alto valor, sendo assim, dinheiro e objetos como máquinas fotográficas, smartphones, relógios e joias devem ser transportados na mala de mão.

Faça uma declaração de bens

Se você precisar levar objetos de valor na bagagem despachada, no momento do check-in, faça uma declaração dos bens junto à companhia aérea. O documento deve apresentar todos os objetos e valores transportados.

A atitude facilita a indenização, caso haja furto ou extravio de bagagem. Outras dicas são: registrar os objetos com foto e guardar as notas fiscais dos itens adquiridos durante a viagem, caso a perda ocorra durante o voo da volta.

Lacre a bagagem

As malas devem estar com cadeados adequados e resistentes, mas só isso não garante a proteção, já que alguns modelos podem ser abertos facilmente. Por isso, além do item de segurança, algumas pessoas optam por lacrar toda a bagagem com plástico resistente. A estratégia protege de possíveis estragos durante o transporte e minimiza o risco de furto.

Guarde o comprovante do despacho da bagagem

É essencial manter o comprovante do despacho da bagagem durante toda a viagem. Guarde-o em local de fácil acesso para consultá-lo em caso de imprevistos. Além disso, confira a integridade das malas. Se perceber que estão mais leves ou, de alguma forma, danificadas, verifique os objetos ainda no aeroporto e comunique o ocorrido à companhia aérea.

Como buscar os seus direitos

Muitas pessoas não conhecem a legislação do setor e não buscam os seus direitos em casos de furto ou extravio de bagagem, atrasos de voo e cancelamento de passagem, entre outros casos.

Contudo, é fundamental ficar por dentro do assunto, a fim de não ser lesado pela companhia aérea e ter um ressarcimento pelos danos financeiros e pelo estresse gerado em situações como essas. Hoje em dia, há empresas especializadas que atuam com o direito de passageiros de avião e lidam com toda a burocracia necessária.

Ao planejar uma viagem, esperamos que os momentos vividos sejam memoráveis e tranquilos, porém alguns imprevistos podem acontecer, e é importante estar preparado para eles. Com as dicas acima, você conseguirá se proteger e garantirá os seus direitos em caso de furto de bagagem.

Teve algum transtorno durante a sua viagem? Entre em contato e abra uma reclamação!

Ajuda Liberfly
Clique aqui para preencher nosso formulário para ser indenizado!
Author image

Sobre LiberFly