Dicas de Viagem

Entenda agora a mudança das regras de bagagem e evite problemas

Malas Voo

Ao planejar uma viagem de avião, uma das principais preocupações dos passageiros são as regras de bagagem, para evitar imprevistos durante o embarque, principalmente com custos que podem prejudicar os seus planos.

Portanto, é essencial ficar atento a todos os detalhes, como dimensões e peso, além de itens permitidos e proibidos em cada tipo de bagagem. Com as mudanças nas regras que foram propostas em 2017, esse é um assunto que gera dúvidas frequentes, mas você não precisa se preocupar!

Para ajudar no seu planejamento de viagem, preparei este conteúdo incrível para explicar quais são as regras vigentes em relação às bagagens. Assim, você não terá problemas. Confira!

O que muda com as novas regras de bagagem?

Primeiro, é importante entender quais foram as novas regras propostas e os impactos que isso trouxe para os viajantes. A seguir, entenda as mudanças feitas.

Aumento do peso-limite para a bagagem de mão

A bagagem de mão era limitada a 5kg, mas agora é possível levar uma mala que tenha até 10kg a bordo do avião. No entanto, também é preciso ficar atento às dimensões permitidas.

Como o espaço é limitado, as companhias aéreas definem em detalhes as medidas que a bagagem de mão deve seguir. Isso varia de acordo com cada empresa, mas as brasileiras seguem o padrão de 115 cm, incluindo rodinhas e alça, observando os seguintes limites:

·         55 cm de altura;

·         35 cm de largura;

·         25 cm de espessura.

Para garantir o cumprimento dessa regra pelos passageiros, é comum que os funcionários responsáveis pelo embarque tenham ao seu dispor um "gabarito" — uma caixa com as dimensões permitidas que é encaixada na mala. Caso não caiba, não será possível levá-la a bordo do avião como bagagem de mão.

Além da bagagem de mão, o passageiro pode levar um item pessoal que será guardado abaixo do assento da frente. Nesse caso, os limites são os seguintes:

·         45 cm de altura;

·         35 cm de largura;

·         25 cm de espessura.

Fim da gratuidade do despacho da bagagem

Sem dúvidas, essa é uma das mudanças de maior impacto. Antes, as passagens aéreas incluíam o despacho de uma mala de até 23 kg nos voos nacionais e de duas bagagens de até 32 kg nas viagens internacionais.

Porém, com a mudança, as empresas não são mais obrigadas a incluir essa franquia para o despacho de bagagem, podendo cobrar todos os itens separadamente.

Compensação - Liberfly
Clique aqui para preencher nosso formulário para ser indenizado!

O preço é determinado por companhia, mas é comum que elas ofereçam opções com despacho incluso nas diferentes tarifas de passagem, com valores mais atrativos do que na aquisição individual desse serviço.

Assim, ao organizar o seu orçamento de viagem e comprar as passagens, é fundamental avaliar quais serão as suas necessidades em relação às malas. Se a viagem for mais longa e exigir grandes volumes, vale a pena investir em uma tarifa que inclua a bagagem despachada, para economizar.

Quais são os itens proibidos na bagagem?

As regras sobre os itens que podem ser levados variam de acordo com o tipo de bagagem, mas é preciso ter atenção aos proibidos, para não tentar embarcar ou despachar esses objetos. Eles variam entre voos nacionais e internacionais, e as companhias aéreas apresentam uma lista com as restrições existentes.

Na bagagem de mão, por exemplo, não é possível transportar objetos cortantes, produtos inflamáveis e outros considerados perigosos. Para saber detalhes, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) conta com uma página exclusiva sobre o assunto, com todas as orientações sobre cada tipo de item que pode ser transportado em bagagens despachadas ou de mão.

Também é importante levar objetos de valor, como notebooks, tablets, celulares e joias, na bagagem de mão. Infelizmente, podem acontecer problemas com extravio, furto ou violação das malas despachadas, então, essa é uma medida de segurança essencial.

Como agir caso as bagagens não atendam às regras?

Mesmo com planejamento, podem surgir alguns imprevistos, gerando problemas em relação à bagagem de mão. Se o problema for relacionado às dimensões ou ao peso, ela terá que ser despachada, com a cobrança da taxa devida. Uma dica para evitar transtornos é conferir todos os itens ao organizar a mala e, ao chegar ao aeroporto, verificar se ela atende aos requisitos.

Normalmente, os guichês das companhias aéreas oferecem esse serviço. Dessa forma, você também evita atrasos durante o embarque, caso seja necessário realizar o despacho.

Se o problema for decorrente de itens proibidos, eles poderão ser descartados pelo passageiro para prosseguir com o embarque. As companhias aéreas não disponibilizam serviços de guarda desses objetos, portanto, redobre a atenção na hora de fazer as malas.

Como agir diante de problemas com as bagagens?

Caso você tenha qualquer problema, mesmo seguindo as regras de bagagens, é preciso conhecer os seus direitos. Se o embarque com a mala de mão não puder acontecer por falta de espaço devido à lotação, a empresa deve despachá-la sem custo adicional ou apresentar uma alternativa.

Também é importante saber como agir diante de problemas como furto, avarias, violações e extravio de bagagem. O passageiro deve apresentar reclamação na empresa assim que constatar o problema, para que ela tome as medidas cabíveis. Também vale a pena registrar a ocorrência no guichê de atendimento da Anac dentro do próprio aeroporto.

Entre as principais obrigações da companhia aérea, podemos citar o ressarcimento de custos decorrentes do problema e o pagamento de indenizações (materiais ou morais) pelos danos causados.

Para auxiliar na aplicação de todas as medidas para garantir os seus direitos, conte com a LiberFly para prestar suporte aos passageiros que enfrentam problemas com os voos contratados. Assim, fica mais fácil resolver as burocracias, evitando estresse e garantindo a melhor experiência na viagem.

Reivindicação - Liberfly
Clique aqui para preencher nosso formulário para ser indenizado!

Pronto! Agora que você já sabe quais são as novas regras de bagagem para a sua viagem, não se esqueça de pesquisar as taxas aplicadas em cada empresa e a lista de itens que podem ser levados. Dessa forma, com certeza, você aproveitará o passeio com toda a tranquilidade desejada.

Então, gostou deste conteúdo? Para acompanhar outras dicas sobre os direitos dos passageiros, siga as nossas páginas nas redes sociais — Facebook e Twitter — e fique por dentro das novidades!

Author image

Sobre LiberFly